Participação dos pais no processo de aprendizagem dos alunos

0

É sabido que a participação dos pais é importante para a educação e formação dos filhos. Não só em casa como também no ambiente escolar. Comprovadamente uma escola que conta com a participação ativa dos pais em seus sistemas educacionais gera um maior rendimento para os alunos.

Assim sendo, se faz necessário o desenvolvimento de estratégias escolares que estimulem a participação da família no aprendizado e ensino. Trata-se de um assunto recorrente, pois em geral, a participação dos pais fica limitada às reuniões bimestrais com professores.

A maioria dos pais transfere de maneira muito errônea a obrigação de educação e aprendizado  de seus filhos inteiramente para a escola, tirando essa responsabilidade de si próprios por já ter uma rotina pesada e que ocupa grande parte de seu tempo.

O entendimento da participação conjunta no processo de aprendizagem do aluno tem que ser mútuo: tanto a escola quanto os pais ou responsáveis devem entender que essa é uma responsabilidade compartilhada e, portanto, deve haver uma dedicação de ambas as partes para a realização de atividades que contribuam com a educação e o aprendizado.

O sistema pedagógico e educacional atual busca uma situação de qualidade de ensino e equidade, ou seja, todos os alunos devem aprender e desenvolver habilidades específicas em certas idades. A participação dos pais deve estar intimamente relacionada com as limitações individuais, presentes sem exceção em todos os alunos. Junto com a escola os pais devem reconhecer tais limitações e trabalhar com os filhos para transpor essas barreiras, promovendo um acompanhamento escolar adequado. 

As reuniões de pais geralmente não são os espaços mais adequados para planejamentos de estratégias de desenvolvimento individual, o atendimento familiar deve ser individualizado para facilitar as trocas de informações entre professores e responsáveis e planejamento de estratégias adequadas de aprendizado.

Há situações na escola que devem ser discutidas por todos, pois são de interesse geral. Cabe à escola fortalecer essa relação e incentivar os responsáveis a mostrarem condições que são favoráveis ou contrários estimulando o conceito de aprendizagem participativa.

Além disso, a escola deve promover trabalhos e pesquisas que as crianças realizem em conjunto com os pais e a estes, cabe a atenção, mostrar interesse pelas atividades escolares dos filhos, participar da realização de tarefas, frequentar a escola, conhecer professores e outros funcionários. Essa participação conjunta fortalece o desenvolvimento de uma educação de qualidade.


Deixar uma Resposta

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *