Indice de Oportunidades da Educação Brasileira – IOEB

0

Foi lançado pelo CLP (Centro de Liderança Pública) no dia 7 de outubro de 2015, o Índice de Oportunidades da Educação Brasileira – IOEB. Tal índice teve o aval de uma série de organizações e instituições então envolvidas com os processos educacionais de nossa nação. O Instituto Península, a Fundação Roberto Marinho e a Fundação Lemann, com efeito, resolveram, com toda a sua grandeza, avaliar como estão as oportunidades de educação para jovens de 0 a 17 anos no Brasil.

A pesquisa ou levantamento de dados, por seu turno, foi realizado, nos principais municípios. O indicador, vale informar, observa se os alunos estão, por exemplo, matriculados de forma regular nas escolas e agremiações de ensino. Também identifica quem está fora da escola e as oportunidades que existem para o ingresso dessas pessoas na Educação. No site do ioeb (www.ioeb.org.br), é possível fazer simulações e comparações entre estados e municípios brasileiros, no que diz respeito aos indicadores educacionais. Trata-se de uma ferramenta muito útil à disposição da população, que pode assim ficar a par de como anda o desempenho da educação em todas as regiões brasileiras.

Seja bem como for,  gestores e profissonais ligados à área de ensino devem ficar por dentro desses dados e tentar melhorar, ainda mais, as oportunidades educacionais.

"Precisamos dar igualdade de condições e garantir que todos tenham o direito atendido, não importando o ponto de partida", comentou um ex-colaborador da Secretaria da Educação Básica do Ministério da Educação.

Sendo assim, pois, é de suma relevância que os profissionais possam conhecer a existência do IOEB e consigam sintetizar as principais contribuições de tais dados para a educação. A maioria das críticas foram de natureza positiva, exceto pela ausência de dados sobre professores, conforme destacou o educador Daniel Cara, que desde 2006 é Coordenador Geral da Campanha Nacional pelo Direito à Educação.


Deixar uma Resposta

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *