Como reduzir a evasão escolar

1

Um dos problemas mais enfrentados pela escola moderna é a evasão escolar. A falta de interesse por parte dos alunos é reflexo de uma geração que nasceu e cresceu em uma era de grande acesso à informação, onde a escola pode parecer facilmente obsoleta. Ainda mais porque o modelo de educação utilizado ainda hoje em nossas escolas é o mesmo utilizado nas escolas que formaram nossos avós e bisavós. O mesmo modelo vem sendo reproduzido, como única forma de transmitir conhecimentos, e isso afasta as novas gerações.

Mas algumas escolas vêm tentando e conseguindo efetivamente reduzir a evasão escolar com práticas simples, que conseguem atrair o estudante, sem a necessidade de grandes investimentos. Uma simples mudança de comportamento pode ser responsável por milagres educacionais. Confira algumas estratégias:

Aula de Artes

Uma escola da cidade de Maringá, no Paraná, recorre a aulas de Artes para frear a evasão escolar. Os alunos são incentivados a práticas de dança, teatro e artes plásticas, como forma de atrair a atenção dos alunos novamente. Segundo a direção da escola, os resultados têm sido empolgantes.

Já reparou como os jovens adoram música? Que tal fazer um concurso para descobrir novos talentos? A integração entre os alunos e a expectativa para as apresentações pode ser um atrativo a mais para os alunos.

Os trabalhos manuais, como o artesanato, também podem ser um excelente atrativo para os alunos, estimulando-os inclusive em sua coordenação motora.

Projetos interdisciplinares

Uma boa saída pode ser a criação de mais projetos interdisciplinares, uma releitura das conhecidas “Feiras de Ciências”. Ao pesquisar sobre um assunto específico, o aluno pode aumentar a sua criatividade sobre assuntos variados e também a sua integração com os colegas e a própria escola.

Tratar o aluno individualmente

Quando o aluno se sente somente como um número, ele tende a ficar desanimado e desmotivado para o estudo. Um corpo docente que conhece as individualidades, pode atrair o aluno, que se sentirá motivado a continuar dentro da escola.

Usar corretamente a tecnologia

Proibir o uso do celular pode ser uma estratégia fácil para evitar distrações durante as suas explicações. Mas e se ele também for um aliado na aprendizagem?

O aparelho atualmente vem com alguns acessórios, que podem ser facilmente convertidos para o aprendizado. A câmera por exemplo, pode ser utilizada em alguma atividade artística, ou mesmo para incentivar o espírito investigativo dos alunos; o acesso à Internet pode auxiliar o aluno em pesquisas e a encontrar respostas imediatas para alguma questão; e até mesmo os tão desprezados aplicativos de conversa instantânea, podem ser convertidos para o aprendizado. Já pensou em separar a turma por grupos, para que tenham contato mesmo fora da sala de aula, e possam compartilhar assuntos educacionais pelo aplicativo?

Além do celular, recursos como projeções, uso do computador e modelos tridimensionais podem e devem fazer parte das aulas. Com o enorme número de informações que o aluno tem acesso, qualquer novidade tecnológica que o professor apresente será sempre um atrativo.

O desafio é tornar a escola atraente de novo

O ambiente escolar precisa voltar a ser atrativo para os alunos, afinal, é onde eles passam boa parte do seu dia. Um ambiente que é cansativo e pautado em modelos ultrapassados, perderá facilmente a sua atratividade. É preciso dinamizar as práticas docentes.

É importante notar que todas as sugestões abrangem um ambiente de aprendizado. Variar os instrumentos de ensino é uma das formas mais eficazes de diminuir a evasão escolar.

Adotar um software de gestão acadêmica

Com um bom software de gestão acadêmica, a sua instituição pode mapear mais facilmente o perfil dos alunos que tendem a deixar a escola e descobrir os motivos por trás desse comportamento.

A Matheus Soluções oferece software para ajudar a sua instituição de ensino nesse quesito. Entre em contato e descubra como podemos lhe auxiliar.


Comment (1)

Deixar uma Resposta

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *